10 DAYS

Caracas, e eu achei que ia ser tranquilo manter essa birosca aqui… Faculdade, feriado, jogo novo (MK CHEGOOOOU), enfim… tá faltando tempo e sobrando vontade de postar com frequência… Logo volto ;)

ESTREIA MORTAL KOMBAT: LEGACY

De acordo com informações do site GameStart,  o canal do Youtube Machinima lançou ontem(12) a esperada série de luta Mortal Kombat. Sob o nome de Mortal Kombat: Legacy, a produção será transmitida exclusivamente pela internet.

Abaixo, segue o primeiro episódio da série. Nele, Jax, Kano e Sony Blade são os primeiros personagens apresentados e logo de cara já caem para a porrada.

 

Há alguns meses  já havia vazado um vídeo na rede, com a promessa de ser um filme com estréia para 2013. (Com a aparição de Scorpion)

Mas depois do anunciado de hoje, deu para ver que os caras preferiram apostar numa série mesmo. De qualquer forma, mesmo que os personagens não tenham tanta semelhança como no jogo (Baraka negro e com dread(?)), a história parece ser interessante, e claro, não irá faltar o principal: MUITA porrada.

O endereço no Youtube que irá apresentar o seriado será o Machinima. Para poder acompanhar a aventura dos personagens de um dos jogos de luta mais famosos do mundo, é só assinar o canal. 

(Lembrete: FALTAM 6 DIAS PARA O LANÇAMENTO DO JOGO MAIS ESPERADO DO ANO!!!)

NOT PENNY’S BOAT

Saudades de Lost serão eternas (2004 † 2010). A série teve um estilo único que seguia dois tipos de histórias não ligadas entre si: primeiro, a luta dos 48 sobreviventes do desastre para sobreviver e viver juntos na ilha, e segundo, a vida das personagens principais, antes do desastre, através de retrospectivas pessoais, os flashbacks, flashforwards e flash side-ways.

A série toda foi fantástica, mas alguns episódios foram memoráveis! Para quem é fã de verdade (verbo no presente mesmo, porque uma vez fã, para sempre fã), a frase “not Penny’s boat” será inesquecível… Um dos episódios mais emocionantes da terceira temporada — e de todas, claro.

Charlie foi um dos personagens mais bacanas, e sua morte uma das mais tristes. Uma das coisas mais legais sobre Lost foi justamente isso, não importa o quanto o público se conecte emocionalmente ao personagem, ou quão importante na história ele é: ELE PODE MORRER A QUALQUER MOMENTO. A ausência de clichês: ‘bonzinhos sempre sobrevivem’ e ‘todos viveram felizes para sempre’ foi UM dos milhares de motivos para a série ter sido um grande sucesso.

Só para relembrar, abaixo segue o vídeo: (S03E23)

SARNEY DE SARCANAGEM

'Devemos modificar isso. Acho que foi um erro e a população foi induzida ao erro'

Hoje,  o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP),  disse que iria apresentar um projeto de decreto legislativo para realizar um plebiscito no 1º domingo de outubro (no caso, 2 de outubro) sobre comercialização de armas e munição. O anúncio foi feito ao final da reunião com os líderes partidários.

De acordo com Sarney, os eleitores de todo país iriam às urnas responder a seguinte questão: “O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?”. Caso vença a proibição, o Congresso pretende agilizar a elaboração de um projeto para modificar a lei e o que foi referendado em 2005.

“A decisão popular que aprovou a venda de armas no país, devemos modificar isso. Acho que foi um erro e a população foi induzida ao erro(?) porque estamos verificando que a venda de armas no país de nenhum modo alcançou o que julgavam, garantir segurança ao cidadão. Ao contrário, torna-o mais vulnerável porque, cada um que tem arma passa a ser objeto de procura dos bandidos e infratores para com essa arma cometer crimes que a sociedade tanto repudia”, afirmou o líder.

O tema voltou a ser discutido no Senado após o assassinato, ocorrido na semana passada, de 12 estudantes no Rio de Janeiro. O crime foi cometido por um ex-aluno (lembremos: com uma arma ILEGAL), que em seguida se suicidou.

Okay, é um assunto que renderia muito. Mas sejamos breves, e falemos o ÓBVIO:

  • Este plebiscito tem os mesmos objetivos do plebiscito(referendo) sobre desarmamento anterior: gastar dinheiro público e, após mais uma tragédia, fazer parecer que eles estão fazendo alguma coisa;
  • Mesmo que o voto ao desarmamento prevaleça, quem quiser possuir armas de fogo vai continuar possuindo… (e não estou falando do cidadão de bem). Verdade amarga que eu, tu, ele, e todos nós já sabemos;
  • “População foi induzida ao erro’?  Se fosse por esse motivo, teríamos que rever TODOS os candidatos que elegemos também;
  • E já que é possível refazer um plebiscito, por que ninguém cria um para votar a LEI da FICHA LIMPA ? Para entrar em vigor agora? Esqueceram que o STF não quis passar por cima da constituição?  Então por que não deixaram o povo votar? (Ah é, ai não pode!)

Então, seria mais fácil se o Sr. Sarney(e sua tropa) respeitassem a democracia e poupassem o povo brasileiro, e ao invés de plebiscitos,  cuidassem do REAL problema: a entrada de armas ilegais pelas fronteiras (Paraguai, Bolívia, entre outros). É com as armas de fogo ilegais e contrabandeadas que eles devem se preocupar, não com as legalizadas. Mas ao invés, tentam tapar o sol com a peneira e desviar o problema…

Ora, a quem eles querem enganar ao usar de artifício a comoção pública a um caso isolado para se favorecerem?

— E ai, que tal fazer um plebiscito para fechar o Senado e o Congresso, Sarney? (Y)

#FUUUUU

ANGIE, ANGIE…

♪ 'With no loving in our souls and no money in our coats / You can't say we're satisfied'

Sabe aqueles dias(noites) que você tira para ficar pensando na vida, e ai fica ouvindo aquela música que você deixa no ‘repeat’ continuamente por horas mesmo que a letra não tenha nada a ver com o seu ‘estado de espírito’, mas é simplesmente porque a melodia agrada os seus ouvidos? — Today is my day!

Na vitrola do Windows Media Player: Rolling ‘Angie’ Stones (okay, essa foi péssima)

Para muitos, ela foi composta por Mick Jagger e Keith Richards em homenagem a mulher de David Bowie (que segundo diz a ‘lenda’ e a própria,  flagrou Bowie e Jagger na cama) , para outros ela é um tributo que os dois fizeram a Mariane Faithfull, namorada e musa de ambos. Há ainda a possibilidade do título da canção ser uma referência à filha de Keith Richards com Anita Pallenberg. Independente da musa que a inspirou, Angie é um das mais belas baladas compostas pelos Rolling Stones, sem dúvida. Gravada em 1972 e lançada no ano seguinte num compacto que foi direto para o primeiro lugar na parada norte-americana, a canção cujo tema é o fim de um relacionamento traz uma tal intensidade poética que explica por que tantas garotas reivindicam ser “Angie”.

Abaixo, segue o vídeo:

‘… they can’t say we never tried’

Para muitos ela foi composta por Mick Jagger e Keith Richards em homenagem a mulher de David Bowie, para outros ela é um tributo que os dois fizeram a Mariane Faithfull, namorada e musa de ambos. Há ainda a possibilidade do título da canção ser uma referência à filha de Keith Richards com Anita Pallenberg. Independente da musa que a inspirou, “Angie” é um das mais belas baladas compostas pelos Rolling Stones. Gravada em 1972 e lançada no ano seguinte num compacto que foi direto para o primeiro lugar na parada norte-americana, a canção cujo tema é o fim de um relacionamento traz uma tal intensidade poética que explica por que tantas garotas reivindicam ser “Angie”.